3 Comentários

  1. Roney Belhassof

    Pois é, esta é a grande diferença entre Live e Livre 😉

    Hoje em dia a gente conecta na Rede por tantas vias diferentes (celular, palm, tablet, notebook) com tantos sistemas diferentes (symbian, Linux, Mac) que uma solução que não seja opensource (livre) acaba ficando meio sem sentido já que elas normalmente rodam em tudo. Pelo menos para mim.

    O que eu uso aqui para guardar todas as minhas fotos é a galeria da Kodak e as que quero compartilhar com amigos vão para o Multiply. Nunca me adaptei bem à interface do Picasa além dele ter um “limite” de 1GB que os outros não tem.

  2. Roney Belhassof

    Hehe! Que cabeça a minha! Fui ver lá o Picasa e vi que ele também só roda em Windows! Provavelmente foi por isso que não me adaptei: quando testei, anos atrás, coloquei em uma máquina Windows e não tive tempo de explorar até me acostumar.

    Vi o tutorial e me pareceu bem similar ao iPhoto, o iPhoto é legal! A interface não era assim logo que lançou. É bom que haja um programa de fotos similar ao do Mac para Windows.

  3. Adriano Gonçalves

    Já tinha experimentado esse programa há algum tempo. Gostei não. Achei ele meio pesado pra rodar, a navegação ruím e meio fraco de opções…

    Achei legal o recurso de fazer fotos panorâmicas; muito interessante e funciona mesmo, mas ainda estou tentando achar uma utilidade pra isso… 🙂

    Contudo, o programa tem uma interface bonita (à la Windows Live), e a vantagem de enviar pra o Flickr é indiscutível…

    Mas como eu uso o Picasa como meu álbum de fotos na web e como o programa deles também tem bons recursos e uma interface agradável, fico com o Picasa mesmo…

    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *