Disciplina, Urgência e Ação

cd_clock1Há pouco mais de duas semanas estive num evento nos Estados Unidos, e o presidente de uma grande empresa de software comentou sobre a atitude que as pessoas deviam ter quando o assunto é vendas, e quanto isso ajudava a chegar nos resultados.

Eu gostei daquelas três palavras que ele pontuou: Disciplina, Urgência e Ação, e acho que estas fazem muito sentido pra todos nós, não só no senso de negócios, mas no lado pessoal também, na vida do dia a dia.

Disciplina

Disciplina é o que precisamos para conseguir organizar o seu dia a dia para priorizar o que de verdade precisa ser feito na sua vida. Vamos lembrar, por exemplo, das famosas proessas de fim de ano. O fim do ano está chegando, você foi disciplinado suficiente para cumprir as suas, ou no pulo das ondinhas vai renovar as mesmas pro ano que vem, de novo? Mas não falo apenas das grande metas da sua vida, mas de coisas pequenas que você mesmo fica enrolando… se organizou?

Urgência

Trata-se, no fundo, da nossa vida. Se é nossa vida, se é importante pra nós, devemos dar o verdadeiro peso a isso. E devemos lembrar: nossa vida não dura pra sempre. Precisamos fazer, e ninguém vai fazer por nós.

Ação

Bom, já organizou, já deu o peso devido as coisas, e agora? Quando vai fazer? É um chamado a ação propriamente dita, a construir alguma coisa, a ter um resultado concreto, ou seja, sair do outro lado.

É bacana pensar assim, em termos práticos e refletir por um momento no senso de urgência que devemos dar a nossa própria vida. Convido vocês a fazer o mesmo…

0

Curtiu?

Então dá um clique no coração! 😎 Compartilhe também esse post em sua rede social preferida, deixe um comentário ali embaixo e assine a minha newsletter!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

1 comentário em “Disciplina, Urgência e Ação”

  1. Salve Silvio!!!

    Gostei muito da proposta, eu apenas adicionaria um ponto similar à disciplina, que é o senso de responsabilidade, e trocaria urgência por outra coisa que acho mais importante: *prioridades*.

    Em cada escopo da vida há prioridades diferentes e quando falamos em urgência isso não fica claro, dá a imporessão de que as coisas têm o mesmo peso de importância em circustâncias diferentes (ou pelo menos eu tive esta impressão), o que não é necessariamente verdade.

    Por exemplo, para minha vida como um todo, o bem estar de minha família tem peso máximo, nice -20. Já no trabalho preciso me focar nos projetos e deixar a preocupação com a educação de meu filho, por exemplo, um pouco de lado.

    É claro que os elementos desse processo de priorização relativa são interrelacionados: preciso focar no trabalho para ter a eficiência necessária para garantir a educação de meu filho (complementando o exemplo anterior).

    Não sei se me fiz entender, mas acho que é por aí.

    Pra terminar, ótimo artigo mesmo, meu amigo!

    []’s
    Cacilhas, La Batalema

    0
    Responder

Deixe seu comentário!

Silvio Eberardo · 2020 © Todos os direitos reservados

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!